Webinário debate plebiscito histórico do Chile

Em outubro deste ano, a maioria da população do Chile aprovou a mudança da Constituição que será realizada por constituintes eleitos exclusivamente para este fim. O plebiscito foi definido em acordo realizado em novembro de 2019, quando o país passou por uma onda intensa de protestos. A nova Constituinte deverá contar com igual número de homens e mulheres em sua composição, assim como terá a participação de lideranças indígenas.

Para refletir sobre a experiência recente de participação popular no Chile e sobre o que temos a aprender com ela no Brasil, a Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político promove, no próximo sábado (7/11), às 16h, um webinário com as participações de Alondra Carrillo Vidal, militante feminista, psicóloga e integrante da Coordinadora Feminista 8M de Santiago ; da pesquisadora aymara e integrante da Asociación Nacional de Mujeres Rurales e Indígenas, Alejandra Flores Carlos; e do historiador e especialista em história do movimento operário do Chile, Sergio Grez.

A mediação será feita por José Antonio Moroni, do colegiado de gestão do Instituto de Estudos Socioeconomicos (Inesc) e do grupo de referência da Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político.

A transmissão, aberta a participação do público, acontece na página da Plataforma no Youtube, a partir das 16h (horário de Brasília).

Assista e participe! > https://www.youtube.com/plataformareformapolitica

Deixe uma resposta