Renda básica que queremos!

Juntxs, podemos enfrentar o coronavírus!

Não temos tempo a perder: precisamos implementar uma política de renda básica de emergência para os mais desprotegidos. O governo já anunciou a intenção de fazer algo semelhante a isso, mas limitando-se a um número restrito de profissionais autônomos. E, na prática, para poder selecionar quem se qualificaria para o programa, o governo teria que desenvolver do zero um novo sistema de triagem online, ou obrigar esses trabalhadores a enfrentar longas filas de cadastro – o oposto do que deveríamos fazer durante uma pandemia.

Para proteger de verdade os brasileiros e brasileiras que mais precisam, nossa renda básica de emergência, de 300 reais por pessoa, deve contemplar as 77 milhões de pessoas mais pobres do Brasil – aquelas que têm renda familiar inferior a 3 salários mínimos.

Pressione agora pela aprovação da RENDA BÁSICA EMERGENCIAL QUE QUEREMOS:

https://www.rendabasica.org.br/

Juntos, podemos enfrentar o coronavírus!

Deixe uma resposta

Fechar Menu