Temer oferece mais um jantar para “pedir” apoio à PEC da maldade

Uma das marcas do governo de Michel Temer é oferecer jantares aos parlamentares para fazer o corpo a corpo e aprovar medidas do governo. Nesta quarta-feira (16), Temer reunirá parlamentares para mais um regabofe no Palácio da Alvorada, para pedir apoio à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos.

A preocupação de Temer é que, por se tratar de uma emenda à Constituição, a proposta precisa de, pelo menos, três quintos dos senadores, isto é, 49 dos 81 em dois turnos.


A PEC já foi aprovada na Câmara dos Deputados e pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado e deve ir para votação do plenário em dois turnos, sendo que o primeiro está previsto para 29 de novembro e o segundo, para 13 de dezembro.

Segundo a assessoria do Planalto, são esperados cerca de 60 senadores no encontro, mas a lista com os nomes ainda não foi divulgada.

Em 9 de outubro, Temer organizou um jantar para 215 deputados da base aliada (com 31 esposas) e outras 33 pessoas, entre ministros e assessores do governo.

Deixe uma resposta

Fechar Menu