Como votaram os deputados no Conselho de Ética no processo contra Cunha

 

O Conselho de Ética na Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (dia 15), o parecer do deputado Marcos Rogério (PDT-RO) pela continuidade do processo contra o presidente da casa, Eduardo Cunha, por 11 votos a 9. Ele é  investigado por suspeita de corrupção passiva e lavagem de dinheiro e por ter prestado falso testemunho quando depôs na CPI da Petrobras negando ter contas secretas no exterior. Cunha terá 10 dias para apresentar defesa por escrito no processo disciplinar.

Confira como votaram os deputados

Pela continuidade do processo contra Cunha (11 votos)

Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP)
Fausto Pinato (PRB-SP)
Júlio Delgado (PSB-MG)
Leo de Brito (PT-AC)
Marcos Rogério (PDT-RO)
Nelson Marchezan (PSDB-RS)
Paulo Azi (DEM-BA)
Sandro Alex (PPS-PR)
Valmir Prascidelli (PT-SP)
Zé Geraldo (PT-PA)
Valdir Rossoni (PSDB-PR)

Contra a continuidade do processo contra Cunha (9 votos)

 

Cacá Leão (PP-BA)
Erivelton Santana (PSC-BA)
Paulo Pereira da Silva (SD-SP)
Ricardo Barros (PP-PR)
Vinicius Gurgel (PR-AP)
Washington Reis (PMDB-RJ)
Wellington Roberto (PR-PB)
João Carlos Bacelar (PR-BA)
Manoel Júnior (PMDB-PB)

Deixe uma resposta

Fechar Menu