Tam.Texto

Frente Brasil Popular organiza resistência


Add this to your website

Nos dias 7 e 8 de dezembro cerca de 350 lideranças de movimentos e organizações de esquerda se reunirão em Belo Horizonte na Plenária Nacional da Frente Brasil Popular (FBP), com o objetivo de discutir novas estratégias de protesto contra o governo de Michel Temer. Uma das últimas medidas do governo, a apresentação da Reforma da Previdência, deve ter destaque no encontro, assim como a crescente criminalização dos movimentos populares.

Segundo o dirigente nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) João Pedro Stédile, o objetivo do encontro é realizar um balanço político da Frente Brasil Popular até o atual momento, em que a organização completa pouco mais de um ano, e elaborar um calendário de manifestações para os próximos meses.

No aspecto organizativo, está em debate a perspectiva de ampliação da frente, através da disseminação de comitês municipais, e a construção de um projeto organizativo para a FBP, com normas e regras de funcionamento. Em meados de 2017 deve se realizar a II Conferência Nacional da FBP, aberta a um número maior de participantes.

Ato Político

No encerramento da plenária, às 17h do dia 8, será realizado um ato político para representar a união em torno do plano de lutas contra o golpe em curso no país. Estão convidadas pessoas como Lula, Dilma e Ciro Gomes, além de partidos, artistas e a estudante Ana Júlia, que defendeu as ocupações de escolas na Assembleia Legislativa do Paraná e teve seu vídeo compartilhado por milhões de pessoas.