Tam.Texto

Vigília no STF pede fim do financiamento privado de campanhas


Add this to your website

Como parte da Semana Nacional de Mobilização, as entidades que compõem a Coalização pela Reforma Política Democrática realizam uma vigília cívica nesta quarta-feira (25), às 17h, na praça dos Três Poderes, em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília (DF).

A população é convocada a levar vela para a vigília e uma caneta, esta última para assinar o projeto de iniciativa popular de reforma política. A Coalização pela Reforma Política Democrática é integradas por entidades como a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e União Nacional dos Estudantes (UNE).

A sociedade brasileira é convidada a participar da mobilização pela reforma política democrática, ajudando a colher adesões a um abaixo-assinado em favor do projeto de lei de iniciativa popular. São necessários quase 1,5 milhão de eleitores para levar o projeto ao Congresso Nacional. O projeto de reforma política combate o financiamento privado eleitoral das candidaturas, buscando fortalecer mecanismos de democracia direta e eleições proporcionais em dois turnos, com paridade de sexo.