Encontro da OGP define 17 propostas para Plano de Ação Brasileiro


Add this to your website
Encontro da OGP define 17 propostas para Plano de Ação Brasileiro
 
Na última sexta-feira, 15/3, ocorreu em Brasília o encontro “Diálogos Governo e Sociedade Civil – Parceria para o Governo Aberto (OGP)”. O evento reuniu 90 entidades, entre elas representantes da sociedade civil, entre eles o Inesc, e representantes da administração federal. Eles elaboraram 17 propostas de compromissos para o novo Plano de Ação Brasileiro sobre Governo Aberto. Alexandre Ciconello, assessor político do Inesc, acompanhará as discussões do evento.
 
De acordo com os organizadores do evento, as sugestões para o plano responderam a cinco desafios: melhoria da prestação de serviços públicos, aumento da integridade pública, gestão mais efetiva dos recursos públicos, criação de comunidades mais seguras e aumento da responsabilidade corporativa.
 
As propostas resultantes do evento, também chamado de “Diálogo Presencial”, irão se somar a outras 15 já definidas no “Diálogo Virtual”, totalizando 32 propostas que serão encaminhadas aos ministérios para que se pronunciem a respeito de sua incorporação ao Plano de Ação, conforme critérios de factibilidade, disponibilidade orçamentária, regulamentação legal, prazos e recursos humanos. Saiba mais sobre o OGP

 

 

Na última sexta-feira, 15/3, ocorreu em Brasília o encontro “Diálogos Governo e Sociedade Civil – Parceria para o Governo Aberto (OGP)”. O evento reuniu 90 entidades, entre elas representantes da sociedade civil, entre eles o Inesc, e representantes da administração federal. Eles elaboraram 17 propostas de compromissos para o novo Plano de Ação Brasileiro sobre Governo Aberto. Alexandre Ciconello, assessor político do Inesc, acompanhará as discussões do evento.
 
 
 
De acordo com os organizadores do evento, as sugestões para o plano responderam a cinco desafios: melhoria da prestação de serviços públicos, aumento da integridade pública, gestão mais efetiva dos recursos públicos, criação de comunidades mais seguras e aumento da responsabilidade corporativa.
 
 
 
As propostas resultantes do evento, também chamado de “Diálogo Presencial”, irão se somar a outras 15 já definidas no “Diálogo Virtual”, totalizando 32 propostas que serão encaminhadas aos ministérios para que se pronunciem a respeito de sua incorporação ao Plano de Ação, conforme critérios de factibilidade, disponibilidade orçamentária, regulamentação legal, prazos e recursos humanos.
 
 
 
Fonte: Portal Inesc